BlogBlogs.Com.Br

Eu te odeio!

Feed
Assine nosso Feed ou receba os artigos por email
Muito bem, você leu o título, e provavelmente está pensando o porque do meu ódio. Na verdade você já deve ter quase certeza (agora terá certeza) de que não estou dizendo a verdade com o título deste post. Você provavelmente concluirá que este é um título com duplo sentido...
Muito bem, você leu o título, e provavelmente está pensando o porque do meu ódio. Na verdade você já deve ter quase certeza (agora terá certeza) de que não estou dizendo a verdade com o título deste post. Você provavelmente concluirá que este é um título com duplo sentido...

E sim! Você está certo! É claro que não posso odiar quem eu não conheço (na verdade posso e o faço!)... a intenção do título é refletir o tema do post (é por isso que chamam de título, não é?) que é na verdade a intolerância...

Mas não vou falar de racismo, muito menos de pré-conceitos... Tolerância começa antes. Intolerância começa bem antes disso.

Intolerância começa quando achamos que temos poder para simplesmente ditar as regras para alguém. Mas, dirá o leitor atento, os pais precisam ditar as regras para os filhos, os professores precisam ditar as regras para os estudantes e por aí vamos (ou não vamos).

Acontece que faço Letras e, talvez por este motivo, gosto muito de brincar com as palavras. De modo que acabei pegando a frase:

Ditar as regras para

resolvi colocá-las com uma pequena alteração:

Ditar as regras com

a simples alteração de uma palavrinha acaba transformando toda uma gama de possibilidades e reações. É por isso que não consigo compreender a idéia de chamar de alunos os estudantes. É por este mesmo motivo que não consigo compreender nossa ignorância aos textos (teatrais principalmente) do resto da América Latina.

Pense rápido 5 textos da América Latina que você tenha lido ou ouvido falar ultimamente. Pense agora em 10 textos europeus que você tenha lido ou ouvido ultimamente. Na literatura isso tem mudado um pouco, estamos cada dia menos ignorantes a estes textos.

Mas e nas artes?

Quando foi a última vez que soubemos de uma apresentação de dança latino-americana? Será falta de dançarinos? Seria a falta de possibilidade destes povos?

Você acredita mesmo nisso? Ou ainda a questão da língua? Somos um dos poucos países americanos a não falar espanhol... Mas Shakespeare falava inglês né? Arthur Miller idem e  Samuel Beckett escreveu sua peça mais famosa em francês...

Me parece que ler o original em espanhol é mais fácil que em inglês não é mesmo?

em tempo: ótima dica de @mariozinho sobre Cabo Verde

1 turradas:

Lú Silva on 4 de setembro de 2009 15:20 disse...

oie Vitor... vim fazer uma visita!!!

bjos

Postar um comentário

Regras para comentários (e boa conduta)

- Não coloque seu site / blog no corpo do comentário (há espaço específico para isso logo após "comentar como:")
- Comente algo relacionado ao post (exceção feita aos elogios em geral, porque ninguém é de ferro)
- Seu e-mail não será divulgado...

Aqui não há censura seguiu estas regras, será publicado. Não seguiu, será 'zoado'.

 

Turrar : teatro, tv e cultura Copyright © 2009 WoodMag is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template